quinta-feira, 31 de maio de 2012

Jovens realizam entrega de alimentos para associações de moradores do CIC


A JPSDB Curitiba juntamente com o instituto SEJA realizou na tarde de ontem a entrega de 120kg de alimentos as associações de moradores São Miguel e Zimbros, do bairro CIC. Os donativos foram arrecadados durante o último encontro de jovens lideranças do PSB, PP, DEM, PSD, PRB, PTB e PSDB, realizado no sábado (26).

Durante a entrega esteve presente a presidente da associação São Miguel, Cleusa Rodrigues, que agradeceu as doações. Atualmente a instituição atende de 387 famílias carentes e ainda disponibiliza uma escolinha de futebol, para 50 alunos.

Geraldo Mazela, presidente da associação Zimbro, disse que as doações vão ajudar a conduzir os projetos da entidade, que hoje atende 150 crianças e jovens, entre 6 a 14 anos.  O projeto oferece programa de musica, teatro, dança, esportes.

O diretor de Ação Social e Políticas Públicas da JPSDB Curitiba, Carlos Eduardo Pijak Jr, disse que está é a primeira de muitas ações que o grupo fará durante o ano. "Esse foi apenas o primeiro evento beneficente que fizemos.  É muito satisfatório ver que podemos ajudar as pessoas através de nossas ações", completou.

Os 120kg de alimentos foram divididos entre as associações - que não tem nenhum fim lucrativo.

Foram entregues as associações 120kg de alimentos arrecadados durante o evento

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Paraná, um Estado de respeito

Programação JPSDB Curitiba

Balanço do primeiro quadrimestre de 2012 é apresentando pelo governo


Nesta terça-feira (29) o secretário da Fazenda Luiz Carlos Hauly, apresentou o relatório da gestão fiscal do primeiro quadrimestre de 2012, em cumprimento a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). As receitas do estado apontaram um crescimento de 14,4%, em comparação ao mesmo período do ano passado. A apresentação  foi acompanhada pela equipe da secretaria da Fazenda e pelo secretário de Estado da Administração e Previdência, Jorge Sebastião de Bem.

O total arrecadado chegou a R$ 9,064 bilhões, contra R$ 7,92 bilhões no ano anterior. Resultado obtido através das medidas de estímulo à economia e programas como o Paraná Competitivo.  As despesas também tiveram aumento, passando de R$ 7,40 bilhões para R$ 8,648 bilhões. Em razão da evolução dos repasses aos municípios, dos aumentos concedidos aos servidores e reajustes de contratos. 

Hauly também ressaltou que o estado também deixou de receber R$ 150 milhões em repasses federais e verbas do SUS. Uma redução de 2,5% em relação ao ano passado.

Mobilização - O Paraná ainda aguarda a liberação dos pedidos de empréstimo no valor de R$ 1,5 bilhão, que precisa de autorização federal. O secretário da fazenda Luiz Carlos Hauly, o secretário do Planejamento, Cássio Taniguchi, o secretário do Desenvolvimento Urbano, Cezar Silvestri, se reuniram com a bancada do Estado no Congresso Nacional nesta quarta-feira, em Brasília, para apresentar aos parlamentares diversos projetos para aumentar as receitas do Estado.

Segundo Hauly, são propostas que vão desde a revisão do mar territorial, revisão das dívidas, o repasse do Fundo de Participação dos Estados entre outras. O governo estadual também espera a entrada de novas receitas ao longo do ano, principalmente em razão da abertura do fisco para a repactuação das dívidas de impostos dos contribuintes paranaenses.



O secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, apresentou nesta terça-feira (29), 
durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa, o relatório da gestão fiscal 
do primeiro quadrimestre de 2012. Foto: Julio Cesar Souza/SEFA


Fonte e fotos: Agência Estadual de Notícias - Estado do Paraná

Espetáculo de imagens encanta público no Paço da Liberdade



Quem foi até a praça Generoso Marques na noite da ultima sexta-feira (25) se surpreendeu com a beleza e a grandiosidade do espetáculo Cidade do Homem. Foram 40 minutos de projeções de imagens na fachada do Paço da Liberdade que contaram a história das cidades. A apresentação gratuita, que se repetiu em três sessões consecutivas na mesma noite, abriu oficialmente a programação do Mia Cara Curitiba.

“Nossa expectativa para o espetáculo era enorme”, disse a estudante de Turismo Mariane Michels. “É muito importante que Curitiba promova eventos como este, ao ar livre”, comentou sua colega de turma, Amanda Dias da Rocha. As estudantes estavam acompanhadas de vários outros alunos do curso de Turismo, interessados em acompanhar o evento de perto.

O espetáculo Cidade do Homem foi apresentado pelo grupo italiano Studio Festi e criado pelo artista Valerio Festi, que no ano passado encantou Curitiba com a Galeria de Luz da rua XV de Novembro, principal atração do Natal. Valerio é conhecido internacionalmente por suas técnicas de projeção em prédios e monumentos e por suas instalações de luzes. A ação foi promovida pela Prefeitura de Curitiba, através do Instituto Municipal de Turismo.

Presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliana Vosnika,o prefeito Luciano Ducci e o cônsul da Itália, Salvatore di Venezia
“A realização desta segunda edição do Mia Cara Curitiba é a prova do sucesso do evento”, afirmou a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Juliana Vosnika. Ela comentou que este é um dos mais de 40 eventos que compõem atualmente o calendário da cidade e disse que há uma orientação para que cada vez existam mais atividades ao ar livre e abertas ao público. 

O prefeito Luciano Ducci comentou a beleza do espetáculo, parabenizou o seu criador, Valerio Festi, e disse que aquele era um momento muito especial para a cidade. “É muito bom ver todas estas pessoas aqui, curtindo a apresentação”, afirmou. “Agora serão 18 dias de muitas atividades culturais e gastronômicas”.

Luciano Ducci antecipou ainda que no Natal deste ano, Curitiba, sua população e os turistas da cidade receberão novamente, como presente, a bela galeria de luzes, nos moldes da que foi apresentada em 2011.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Começam as obras do Viaduto Estaiado em Curitiba

Nesta quarta-feira (30) o prefeito Luciano Ducci assina a ordem de serviço para o ínício das obras do Viaduto Estaiado, em Curitiba. O viaduto será construído na confluência das avenidas Comendador Franco, Avenida das Torres, com a Coronel Francisco dos Santos, e será suspenso com cabos de aço.

A obra vai melhorar a ligação viária entre os bairros Boqueirão, Hauer, Xaxim, Uberaba e Jardim das Américas, Cajuru e BR 277. Atendendo 300 mil moradores, dois seis bairros.


segunda-feira, 28 de maio de 2012

UTILIDADE PÚBLICA

Em contato com a Secretaria da Segurança Pública, elencamos aqui os principais contatos telefônicos emergenciais no Paraná.

SESP: 3313-1900
PM: 190
PC: 197
IML: 3281-5600
SIATE: 193

SAMU: 192
Corpo de Bombeiros: 193
Defesa Civil: 199
Polícia Rodoviária Estadual: 198
Polícia Rodoviária Federal: 191

Polícia Federal: 194
Narcodenuncia: 181
Polícia Ambiental: 0800-643 0304
Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes: 100

Ouvidoria das Policias: 0800-41 0090
SICRIDE (Crianças Desaparecidas): 3224- 6822
DETRAN: 0800-643-7373

Lula propôs ajuda em CPI para adiar mensalão, diz Gilmar Mendes



O ex-presidente Lula procurou o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes para tentar adiar o julgamento do mensalão.

Em troca da ajuda, Lula ofereceu ao ministro, segundo reportagem da revista "Veja" publicada neste fim de semana, blindagem na CPI que investiga as relações do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários.

Mendes confirmou hoje (26) à Folha o encontro com Lula e o teor da conversa revelada pela revista, mas não quis dar detalhes. "Fiquei perplexo com o comportamento e as insinuações despropositadas do presidente Lula", afirmou o ministro.

O encontro aconteceu em 26 de abril no escritório de Nelson Jobim, ex-ministro do governo Lula e ex-integrante do Supremo.

Lula disse ao ministro, segundo a revista, que é "inconveniente" julgar o processo agora e chegou a fazer referências a uma viagem a Berlim em que Mendes se encontrou com o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), hoje investigado por suas ligações com Cachoeira.

Membro do Ministério Público, Demóstenes era na época um dos principais interlocutores do Poder Judiciário e de seus integrantes no Congresso Nacional.

A assessoria de Lula disse que não iria comentar.

Na conversa, Gilmar ficou irritado com as insinuações de Lula e disse que ele poderia "ir fundo na CPI".

De acordo com a reportagem da "Veja", o próximo passo de Lula seria procurar o presidente do STF, ministro Carlos Ayres Britto, também com o intuito de adiar o julgamento do mensalão.


Em recente almoço no Palácio do Alvorada, na ocasião da instalação da Comissão da Verdade, Lula convidou Ayres Britto para tomar um vinho com ele e o amigo comum Celso Antonio Bandeira de Mello, um dos responsáveis pela indicação do atual presidente do Supremo.

À Folha Britto também confirmou o convite, mas disse que não percebeu qualquer malícia em Lula e que o encontro não ocorreu.

"Estive com Lula umas quatro vezes nos últimos nove anos e ele sempre fala de Bandeirinha. Ele nunca me pediu nada e não tenho motivos para acreditar que havia malícia no convite", disse. Ele diz que a "luz amarela" só acendeu quando Gilmar Mendes contou sobre o encontro, "mas eu imediatamente apaguei, pois Lula sabe que eu não faria algo do tipo".

Na última sexta-feira (25), em Salvador, Ayres Britto disse que os ministros do STF "estão vacinados contra todo tipo de pressão". "Ainda está para aparecer alguém que ponha uma faca no pescoço dos ministros do STF."

Fonte: www1.folha.uol.com.br
foto: Sérgio Lima - 09.dez.2009/Folha Imagem



sexta-feira, 25 de maio de 2012

JPSDB Curitiba capacita jovens para uso das redes sociais

Ontem (24) a JPSDB de Curitiba realizou um curso de capacitação de jovens para uso das redes sociais. O curso foi ministrado equipe de comunicação da JPSDB e teve como principal objetivo mostrar aos participantes como utilizar essas ferramentas como meio de divulgação e integração. O evento realizado na sede do partido, em Curitiba, e reuniu cerca de 50 jovens.

Durante curso os participantes aprenderam, de uma forma prática e descomplicada, como criar e gerenciar o Facebook, Twitter, Instagram e Blogspot, que são as principais redes sociais da atualidade.  E como interagir nessas redes, que assumem um papel cada vez mais fundamental na vida dos internautas.

Essa é apenas primeira etapa de capacitação. A JPSDB Curitiba pretende realizar mais cursos abordando o assunto.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Curitiba vai renovar Pedreira Paulo Leminski, Ópera de Arame e Parque Náutico

Já conhecemos os milagres de Lula. Agora só falta conhecermos a verdade: 70% das universidades federais estão em greve

Por Reinaldo Azevedo

A greve Estão em greve 70% das universidades federais do país. O assunto quase não é notícia. No ano passado, os institutos federais de ensino (também os de nível técnico) ficaram parados quase cinco meses. Poucos se interessavam pelo assunto. Por quê? Fácil de responder. Porque são os intelectuais e as ONGs petistas que hoje pautam boa parte dos veículos de comunicação. O partido também é majoritário nas associações e sindicatos de professores. Se os pelegos petistas não conseguiram impedir o movimento, é porque a situação, com efeito, não é das melhores — embora eu insista que a greve, nesses casos, prejudica, na verdade, os alunos. Servidores públicos deveriam pensar meios simbólicos de fazer seu protesto chegar à sociedade. Bem, essa é outra questão. Volto ao ponto.

Os números
No discurso dos títulos a baciadas, Lula afirmou que chegou ao governo com 6 milhões de universitários e que, hoje, eles seriam 12 milhões. Mentira! Segundo o Censo Universitário, no fim de 2010, assinado por Haddad, havia 6,37 milhões de estudantes no terceiro grau — 14,7% estão na modalidade “ensino à distância”, que tem virado, no Brasil, uma “picaretância”. Disse ter criado novas universidades federais. Mentira também! Deve chegar, no máximo, à metade. Algumas “universidades novas” são campi avançados ou divisão de instituições anteriores. Em 2010, as universidades públicas brasileiras formaram 24 mil estudantes A MENOS do que em 2004!

As universidades federais brasileiras mais incharam do que cresceram. Lula e Haddad foram criando alguns puxadinhos e puxadões Brasil afora, sem oferecer as condições mínimas necessárias para um ensino de qualidade. As mentiras têm sido reproduzidas por aí, com base em releases distribuídos por assessorias de comunicação.

É chegada a hora de visitar os campi dessas novas “universidades federais” criadas por Lula e Haddad e saber como funcionam. Vamos ver como estão seus laboratórios, bibliotecas e salas de aula, conhecendo também os docentes, seu regime de trabalho e sua qualificação intelectual e técnica.

Já conhecemos os milagres de Lula. Agora só falta conhecermos a verdade.


http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Parceria Público Privada realiza investimentos de R$ 15 milhões na Pedreira, Ópera de Arame e Parque Náutico serão renovados


A Pedreira Paulo Leminski, a Ópera de Arame e o Parque Náutico do Iguaçu receberão investimentos de R$ 15 milhões através de Parceria Público Privada (PPP). Essas obras serão realizadas sem o desembolso de dinheiro público - custo zero para o município. E depois de concretizadas, além de trazerem benefícios a população também vão gerar recursos aos cofres públicos.

Essas revitalizações serão feitas da mesma maneira que no Parque Barigui, a partir de concessão dos espaços, que terão a validade de 25 anos. Após as obras, o investidor poderá utilizar os espaços para a realização de eventos. O Município também terá o mesmo direito, sem desembolsar nenhuma quantia pela utilização.

Esse modelo de parceria vem ao encontro de novas e modernas formas de gestão de equipamentos públicos. Esse procedimento segue as determinações legais e a população terá ao seu dispor áreas públicas renovadas e modernizadas.

Além disso, em eventos privados 4% da renda será destinada ao Município, além do Imposto Sobre Serviços (ISS), de 5%, que incide sobre este tipo de atividade. Esses recursos serão destinados a Fundação Cultural de Curitiba e a Secretaria do Meio Ambiente, que investirá em  projetos nas áreas ambiental e cultural.

Benefícios

Depois de concluídas as obras, a Ópera de Arame suportará eventos para até 1.000 mil pessoas, e a Pedreira Paulo Leminski até 25 mil e Parque Náutico do Iguaçu até 50 mil.

No Parque Barigui, estão sendo investidos R$ 26,4 milhões na construção do Centro de Eventos, na sinalização do parque, nova ciclovia, ponte e uma nova rotatória viária. O contrato de concessão também é de 25 anos e garantirá ao Município o repasse de 5% da receita bruta, além do ISS.

Ação judicial determina reformas na Pedreira Paulo Leminski

Na ação judicial que mantinha a Pedreira Paulo Leminski fechada, a decisão da juíza da 4º  Vara da Fazenda Pública de Curitiba, determina que a prefeitura municipal deverá realizar obras para criar novas saídas de emergência, equipamentos para reduzir o vazamento de sons e ações de gerenciamento de transito e segurança na região em dia de eventos. Tais melhorias e adequações serão realizadas com recursos viabilizados através de Parceria Público Privada.

Foram entregues 212 novas casas da primeira etapa do PAC Guarituba


Na última segunda-feira (21) o governador Beto Richa participou da entrega de 212 casas do Residencial Madre Teresa de Calcutá, em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba.  As moradias fazem parte da primeira etapa do PAC Guarituba, uma ação conjunta do Governo do Estado e do governo federal. 

O governo estadual investiu R$ 25 milhões nas obras. O valor total do empreendimento chega a R$ 98 milhões, com recursos do Ministério das Cidades, repassados pela Caixa Econômica Federal. “Vemos hoje materializado o sonho acalentado há anos por famílias humildes de Piraquara que terão a partir de amanhã uma vida mais digna. É uma ação que justifica o nosso mandato”, disse o governador.

Segundo Richa, na região do conjunto estão sendo realizadas obras de infraestrutura urbana, como rede de abastecimento de água e coleta de esgoto esgoto, energia elétrica, iluminação pública, galerias de águas pluviais, pavimentação, sinalização, paisagismo, transporte coletivo e equipamentos urbanos.

O governador lembrou que o Estado passa por um momento de transformação na área habitacional, com o programa Morar Bem Paraná, que prevê atender até 2014 mais de 100 famílias com moradias urbanas e rurais. “Nos oito anos da gestão anterior apenas 18 mil famílias foram contempladas com programas habitacionais”, destacou. 

Antonio Borges dos Reis, diretor de Política de Acessibilidade e Planejamento Urbano, do Ministério das Cidades, destacou como positiva a parceria do Governo do Estado com o ministério. “O Paraná mostra que é importante firmar parcerias em prol da população. Famílias que habitavam casas em condições subumanas agora terão sua casa própria”, afirmou. 

O presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Mounir Chaowiche, disse que neste momento demonstramos o comprometimento do governo estadual com o cidadão e honramos o compromisso de proporcionar mais qualidade de vida para os paranaenses. Segundo ele,  somente no ano passado foram contratadas, regularizadas e entregues 27 mil novas casas em todo o Estado.

ECONOMIA

Numa ação inédita do Governo do Estado, por meio da Companhia Paranaense de Energia (Copel) em parceria com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), cada família contemplada com uma nova casa recebeu uma geladeira, chuveiro com recuperador de calor e um conjunto de lâmpadas fluorescentes.

PAC GUARITUBA

O projeto atenderá mais de 8 mil famílias com novas moradias e regularização fundiária. “O Governo do Estado agilizou as obras que estavam sendo conduzidas em um ritmo lento e agora atende uma das comunidades mais carentes de Piraquara”, disse o governador.

Nas áreas que estavam ocupadas irregularmente, é realizada a recuperação ambiental, com retirada das famílias das áreas de risco e criação de três parques com infraestrutura de lazer e preservação ambiental, evitando a sua reocupação.

Acompanharam a entrega das casas o presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Fernando Ghignone; os deputados federais André Vargas e Fernando Francischini; os deputados estaduais, Francisco Buhrer e Kielse Crisóstomo; o superintendente nacional da Caixa Econômica Federal, Fábio Carnelós.


 Governador Beto Richa e autoridades durante a entrega das 212 casas 
do Residencial Madre Teresa de Calcutá


Fonte e fotos: Agência Estadual de Notícias - Estado do Paraná

terça-feira, 22 de maio de 2012

Retrato do jovem que precisa do Brasil

Curitiba ganha mais dois batalhões da Polícia Militar

Nesta segunda-feira (21) o governador Beto Richa assinou o decreto que cria o 22º batalhão da Polícia Militar no município de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba. A unidade entrará em funcionamento em até 30 dias. A assinatura do documento aconteceu durante a inauguração da nova sede do 20º Batalhão de Polícia Militar, no bairro Boqueirão, em Curitiba.

O Governador Beto Richa destacou o compromisso do governo em investir na qualificação profissional dos policias e os excelentes resultados das duas Unidades Paraná Seguro, implantadas em Curitiba. “A área onde ficará o novo batalhão precisa da atenção do Estado. É uma demonstração prática de que a segurança pública é prioridade do governo. Estamos investindo na redução dos índices de criminalidade para que a população volte a ter tranquilidade”, completou o governador.


O novo batalhão faz parte do programa Paraná Seguro, que prevê, entre outras ações, a aquisição de três mil novas viaturas, com tecnologia embarcada, construção de 40 novas delegacias neste ano e a implantação de módulos policiais. O batalhão de Colombo irá atender os municípios de Almirante Tamandaré, Campo Magro, Itaperuçu, Bocaiúva do Sul, Rio Branco do Sul, Adrianópolis, Doutor Ulysses, Tunas do Paraná, Campina Grande do Sul, Quatro Barras, Cerro Azul, Pinhais e Piraquara.


Integração


Para o governador, a inauguração da nova sede do batalhão do Boqueirão só foi possível devido à integração e a parceria entre o governo estadual e prefeitura de Curitiba. “Estado e prefeitura reforçam, assim, sua parceria no combate à criminalidade. Estamos fazendo uma revolução na segurança pública do Paraná, com mais policiais e melhores condições de trabalho”, disse o governador.


Durante a assinatura, Richa anunciou que em 30 dias será implantado o 23º na Cidade Industrial de Curitiba. “É o único bairro da capital que terá uma unidade para atendimento exclusivo. Os índices elevados de criminalidade e a extensa área geográfica tornam esse bairro estratégico para a implantação dessa unidade”, disse o secretário de Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar.


Boqueirão

Doado pela prefeitura de Curitiba, o novo prédio foi reformado pelo governo estadual para abrigar salas de aula para a formação de novos soldados. Entre os 2.448 policiais militares incorporados na quinta-feira, 93 foram designados para trabalhar no 20º batalhão.


A unidade policial tem jurisdição sobre 29 bairros, do Alto Boqueirão ao Cachoeira. Abrangendo um total de 620 mil habitantes. E está sob a jurisdição da unidade a primeira Unidade Paraná Seguro do Estado, implantada no bairro Uberaba. As ocorrências na localidade caiu de 14 para 3 casos por dia.


Para o coronel Roberson Luiz Bondaruk, comandante-geral da Polícia Militar, uma das vantagens da nova sede é que os cursos de formação serão feitos no próprio prédio. Três salas foram reservadas para essa finalidade. Ele explica que antes os alunos assistiam às aulas em locais diferentes. “É uma sede adequada para os profissionais da segurança. Com uma unidade mais centralizada, teremos acesso mais rápido às ocorrências e presença mais próxima da população”, completou o comandante.

A tenente-coronel Karin Krasinski, comandante do 20º batalhão, explica que a antiga sede era alugada e não oferecia as condições necessárias para que os policiais desempenhassem suas funções. “Essa é uma unidade conhecida e que tem uma importante área de abrangência. Temos agora uma infraestrutura adequada, o que melhorará o trabalho policial para a sociedade”, disse ela. O batalhão tem atualmente 411 policiais militares.




Governador Beto Richa, durante a inauguração da nova sede do 20º Batalhão de Polícia Militar


Fonte e fotos: Agência Estadual de Notícias - Estado do Paraná

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Greve nas universidades é reflexo do descaso do governo com os jovens


Brasília – Professores e estudantes de universidades federais de todo o Brasil estão em greve por tempo indeterminado. De um total de 59 instituições, 33 aderiram aos movimentos grevistas a partir da última quinta-feira (17). Os manifestantes reivindicam melhores salários e um plano de carreira aos professores, além de incrementos na infraestrutura das escolas.

Para o presidente nacional da Juventude do PSDB, Marcello Richa, a situação traduz a incapacidade do governo federal em lidar com as demandas dos jovens. “A péssima gestão das universidades federais se traduz em um prejuízo enorme para a capacitação e a inserção dos jovens no mercado de trabalho”, afirmou.

Pior salário
Outro dado mostra como a educação vive um mau momento no Brasil. Levantamento feito pelo jornal O Globo identificou que, entre as profissões universitárias, a de professor é a que recebe os piores salários.

Especialistas ouvidos pelo jornal explicam que a remuneração dos professores é um fator determinante para a qualidade da educação. “Não dá para imaginar que, dobrando o salário do professor, ele vai dobrar o aprendizado dos alunos. O problema é que os bons alunos não querem ser professores no Brasil. Para atrair os melhores, é preciso ter salários mais atrativos”, afirmou Priscila Cruz, diretora-executiva do Todos Pela Educação, ao Globo.

Economia criativa

Folha de S.Paulo, 21/05/2012

Por Aécio Neves

Eventos de porte que têm como base a economia criativa florescem país afora. Amanhã o Fashion Rio abre suas portas, antecipando-se, em duas semanas, ao São Paulo Fashion Week. Há pouco foi encerrado o Minas Trend Preview.

São exemplos do crescimento exponencial de uma atividade econômica que, sem perder o fio de sua origem, a de um artesanato nascido de talentos criativos, expandiu-se como negócio amplo e relevante, gerador de milhares de empregos qualificados e de alto valor agregado.

Há algum tempo os potenciais dessa nova economia vêm ganhando a respeitabilidade do mercado.

A crise de 2008 apressou o debate, ao solapar as bases da economia tradicional e expor a fragilidade de segmentos econômicos antes tidos como inabaláveis.

Ao se reacomodarem, pós-crise, pôde-se observar que essas inovadoras áreas produtivas, até então desprezadas na hierarquia da economia tradicional, dispõem de fôlego e vitalidade surpreendentes.

O que elas têm em comum é o insumo da liberdade, da cooperação e da criatividade. Estão mais para software do que para hardware.

A moda, a informática, a comunicação, a música, o cinema, a arte e o design pontuam nesse campo. Reivindicam, no começo de século 21, com justiça, um protagonismo que antes lhes fora negado, sempre no incômodo papel de figurantes à reboque das locomotivas da velha economia.

Estatísticas da Unctad, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, indicam que, nos primeiros anos da década, os bens e serviços criativos cresceram no mundo a uma taxa surpreendente, quando comparada à manufatura convencional. São números pré-crise. Tendem a crescer ainda mais.

O turismo é outro exemplo. Tanto na França, primeiro destino do mundo, quanto na Espanha, a atividade está entre as que lideram os setores que produzem a riqueza nacional. O Brasil ainda não descobriu esse potencial.

Às vésperas de grandes eventos internacionais, somos reconhecidos pelo Fórum Econômico Mundial como o 1º país em recursos naturais, o 23º em recursos culturais, mas ainda o 114º em políticas e regulamentações de apoio ao setor.

A economia criativa encontra no Brasil a hora e a vez para crescer e nortear os rumos da diferenciação do nosso modelo de desenvolvimento. Pode -e deve- contribuir para a busca de novos modelos de produção e consumo e, consequentemente, para um país e um planeta mais sustentável.

O desafio central dos governos é garantir as condições necessárias para que o novo continue a florescer. O desenvolvimento requer a invenção do futuro, dizia Celso Furtado. E a invenção do futuro exige ética e criatividade.



sexta-feira, 18 de maio de 2012

JPSDB discute projetos para Curitiba


Ontem (17) a JPSDB Curitiba realizou uma reunião com o objetivo de discutir projetos voltados para Curitiba, na área da Juventude. O encontro aconteceu no espaço da Juventude Tucana, localizado na sede do partido. Estiveram presentes Marcello Richa, presidente nacional da Juventude do PSDB, Edson Lau Filho, presidente da Juventude do Paraná, João Guilherme Gatti, presidente da Juventude de Curitiba, membros da executiva além dos integrantes da juventude.

Durante o encontro foram abordados temas referentes a esporte, saúde, Cultura, lazer e tempo livre, inovação, tecnologia da informação (TI) e empreendedorismo. Logo em seguida, cada um dos participantes escolheu um tema para atuar – no qual vão construir e idealizar projetos e soluções consistentes, que possam contribuir junto à população de Curitiba.


JPSDB durante reunião na sede do partido em Curitiba

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Governador Beto Richa apresenta 3.120 novos policiais à sociedade paranaense




A apresentação de 3.120 policias é a maior realizada na história do estado do Paraná


O governador Beto Richa autorizou nesta quinta-feira (17/05) a incorporação de um grupo de 3.120 policiais militares, civis e bombeiros que passam a integrar as forças de segurança pública do Paraná. A solenidade foi realizada no Palácio Iguaçu.


“Estamos trabalhando na busca da tranquilidade almejada no Paraná e esta é a maior contratação de policiais da história deste Estado”, disse Richa. “Nossa meta é abrir ainda neste semestre novo concurso público, para chegarmos a 10 mil novos integrantes para a Polícia Militar e 2.200 para a Polícia Civil”, afirmou.


A incorporação dos policiais faz parte das ações do programa Paraná Seguro. O grupo é formado por 1.967 policiais militares, 481 bombeiros militares e 672 policiais civis. “Não estamos medindo esforços para cumprir com as obrigações na área da segurança, para dar respostas à angústia e à intranqüilidade das famílias paranaenses”, disse Richa, ressaltando que a área é prioridade absoluta do governo.


O governador afirmou que as contratações fazem parte de um processo que inclui a modernização de estruturas, implantação dos módulos policiais e Unidades Paraná Seguro (UPS), construção de novas delegacias e aquisição de 3.000 viaturas com tecnologia embarcada. “Não tenho dúvida que com esses investimentos, somado ao bom planejamento e o ataque à criminalidade, estaremos garantindo a segurança que todos desejam”, afirmou.


Os novos militares começarão o curso de formação a partir de 21 de maio, na Academia Policial Militar do Guatupê e em outros 36 núcleos de formação no estado. Em seis meses eles estarão aptos para atuar nas ruas, no policiamento preventivo. O treinamento dos policiais civis está sendo feito pela Escola Superior de Polícia Civil desde o ano passado em grupos de 200 alunos.


O governador afirmou estão sendo investidos R$ 160 milhões em parceria com o governo federal para construção de novos presídios e ampliação de vagas para acabar com a superlotação em delegacias.


Nesta sexta-feira será entregue a ampliação da cadeia Laudemir Neves, de Foz do Iguaçu, com mais 770 vagas. “Vamos fazer construções como estas em todo Estado, para tirar os presos das delegacias e resolver esta situação lamentável que herdamos”, disse.


Richa lembrou que o Paraná está implantando o pagamento por subsídio para os policiais, respeitando Emenda Constitucional 29, e passa a ter o melhor vencimento de todo o país, o que representa a valorização dos profissionais que tem a responsabilidade de garantir a segurança da população.


O secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar, disse que os novos policiais representam o início de uma grande revolução que será feita para recuperar a capacidade operacional das polícias no Paraná, que estava desmantelada, e que por isso é importante manter a regularidade das contratações.


O secretário informou que estão em curso os processos para aumentar de 21 para 30 o número de batalhões da PM e de 13 para 18 os distritos policiais na capital, além da instalação de outras oito UPS. “Vamos restabelecer às famílias paranaenses o direito de não ter medo”, disse.


O prefeito Luciano Ducci disse que o esforço do governo já começa a dar resultados na redução dos índices de criminalidade, com a queda dos homicídios. “Estamos vivendo dias melhores e em breve esperamos estar em um patamar de conforto para as pessoas na área de segurança pública”, disse Ducci.


A solenidade marcou as comemorações do Dia do Patrono da Polícia Militar, o coronel Joaquim Antônio de Moraes Sarmento. No evento, personalidades que se destacam no apoio às causas da segurança pública foram condecoradas com a medalha Coronel Sarmento.

Fonte: Agencia Estadual de Notícias

quarta-feira, 9 de maio de 2012

PSDB inicia atualização cadastral em todo país





Brasília – Já está disponível no site do PSDB a ficha para que antigos e novos filiados atualizem seus dados junto ao partido. Basta acessar o endereço eletrônico www.psdb.org.br/cadastro para confirmar sua filiação. Caso você tenha dificuldades ao acessar o sistema, essa atualização poderá ser feita diretamente no diretório do PSDB mais próximo.

Objetivo
A atualização cadastral permitirá regularizar a situação dos nossos filiados, possibilitando não só um estreitamento dos laços entre o PSDB e você, como uma participação maior sua nas decisões do partido.

As pessoas que integram o PSDB são a força e a inspiração da legenda, para continuarmos lutando por mudanças. Por isso, a sua participação é tão importante.

Prazo
As fichas para a atualização ficarão disponíveis de abril de 2012 a junho de 2013. Mesmo durante o período da campanha eleitoral,os trabalhos serão mantidos.

Qualquer dúvida referente à atualização cadastral poderá ser esclarecida pela equipe responsável no telefone (61) 3424-0545 ou pelo e-mail cadastro@psdb.org.br